quinta-feira, 8 de março de 2012

8 de março

Muitas delas são vermelhas mas sempre são rosas
(Ana Carolina)
Em pensar que ontem eu comemorava o dia das crianças. É ontem. Muita gente acha que se tem 50 anos e ainda é jovem ... e eu não discordo disso. Do jeito que o mundo está corrido, acelerado e "conservado", vivemos num tempo em que ninguém quer envelhecer. Mas envelhecemos, crescemos e amadurecemos. É, muitas de hoje, com seus 15(já se é mocinha né?), 25, 35, 65, 85, merecem os parabéns por ser mulher.

Hoje, 8 de março,tive uma palestra no trabalho sobre O Direito das Mulheres. Bom, todo mundo fala em independência feminina e isso é muito bom já que temos liberdade além das dependências da cozinha. Posso dizer por mim, que muitas são destemidas, independentes financeiramente e felizes. Com toda certeza. e isso faz de nós um grande motivo de orgulho não para os ouros mas para nós mesmos. Voltando a palestra, tudo isso foi abordado e o piro ainda, a violência doméstica. Apesar de muitas delas serem desinibidas, digamos assim, muitas se escondem, fazendo com que ninguém conheça de verdade como vivem. Exemplo a nossa digníssima Dira Paes na novela "Fina Estampa". Temos, nós mulheres, que nos  respeitar acima de tudo. Não temos que comemorar só esse dia mas fazer todos os dias uma vitória. Chega de violência hein? Ficar em casa chorando é coisa de mulher do século retrasado.

Bom, hoje tô escrevendo aleatoriamente mas com o único propósito de alertar muitas que, não são velhas e tem seus 20 e poucos anos, mas que sofrem, seja de pais, namorado, marido, padrasto. Hello. Hoje a festa é nossa! Comemoremos e acima de tudo, nos defenderemos de tudo que nos faz mal. Vamos pensar na gente antes de querer agradar aos outros. Afinal de contas, somos as coisas mais lindas, mais cheias de graça. Parabéns!




  *** Parabéns as minhas queridas do coração Carolina Martins e Thamy Gallo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta aí, vai!